Conhecer e monitorar sua própria fertilidade é revolucionário.

A Fertilid convida pessoas com ovários a assumirem o controle da sua própria fertilidade através do monitoramento proativo e preventivo de seus hormônios femininos.

Feito por e para pessoas com ovários. Saiba mais.
Fertilidade nas suas mãos

Fertilidade
nas suas mãos

Por meio de um exame simples, rápido e não invasivo fornecemos informações sobre sua reserva ovariana para que você tenha mais conhecimento sobre sua fertilidade e saúde reprodutiva.

Expertise médica sem sair de casa

Expertise médica
sem sair de casa

Seu exame será enviado para análise laboratorial e será interpretado por nossas médicas especialistas. Além disso, você poderá optar em fazer uma teleorientação para aprofundar o seu resultado. Tudo isso do conforto da sua casa, com privacidade e melhor preço.
Atendemos em todo o Brasil.

Informação é poder

Informação
é poder

A Fertilid vai muito além do exame. Nossa missão é facilitar e traduzir informações sobre sua fertilidade. Acreditamos que, com esse conhecimento, você poderá decidir sobre si de um jeito mais livre e consciente.

Planeje
sua vida
reprodutiva

Entenda como a idade é um dos fatores essenciais para sua fertilidade.

Sua
idade

Idade para ter
seu primeiro
(ou próximo) filho

Número de
filhos que
você quer ter

Tempo
entre
filhos

2 anos

Os médicos recomendam pelo menos 2 anos entre os nascimentos para que seu corpo possa suportar sua próxima gravidez

Entenda como a idade é um dos fatores essenciais para sua fertilidade.

% de mulheres que não conseguem engravidar naturalmente por idade
4.5%
Aos XX anos

O risco de aborto é de: 15%

4.5%
Aos XX anos

O risco de aborto é de: 15%

4.5%
Aos XX anos

O risco de aborto é de: 15%

4.5%
Aos XX anos

O risco de aborto é de: 15%

4.5%
Aos XX anos

O risco de aborto é de: 15%

Menopausa

Marcada pelo ano completo sem menstruar. Significa que seu estoque de óvulos se esgotou e a gravidez não é mais possível.

Climatério

Período de transição em que você passa da fase reprodutiva para a não reprodutiva. Este período pode começar até 10 anos antes da última menstruação (menopausa).

Hoje
Idade
5 anos
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
Climatério

Período de transição em que você passa da fase reprodutiva para a não reprodutiva. Este período pode começar até 10 anos antes da última menstruação (menopausa).

41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
Menopausa

Marcada pelo ano completo sem menstruar. Significa que seu estoque de óvulos se esgotou e a gravidez não é mais possível.

51Média
52
53
54
55
56
57
58
59
60
61
62
63
64
65
66
67
68
69
70
71
72
73
74
75
76
77
78
79
80

A ferramenta utiliza dados clínicos e demográficos por idade para auxiliá-la no seu planejamento reprodutivo. Estes dados são baseados em médias de estudos científicos. Portanto, é apenas um ponto de partida para seu conhecimento e escolhas. Lembre-se: cada corpo é único.

Hormônio Antimülleriano

Navegue pelo nível hormonal e entenda como o AMH impacta sua reserva ovariana.

Antimülleriano

Clique no nível hormonal
baixo médio alto

O AMH é produzido pelos nossos ovários e é o que melhor se relaciona à quantidade de folículos disponíveis, utilizado como marcador da reserva ovariana.

Lembre-se: o AMH não é preditor de gravidez. O que este hormônio faz é ajudar você a entender a sua reserva ovariana em relação ao seu momento de vida.

AMH baixo indica a possibilidade de você ter uma janela reprodutiva

Não é só o tempo entre filhos, mas o espaço de tempo que somos férteis.

menor.

A dosagem baixa de AMH indica que você tem menos óvulos que o esperado para sua faixa etária. Lembre-se: AMH não é preditor de gravidez, mas sua dosagem baixa pode influenciar na resposta de procedimentos como congelamento de óvulos e FIV.

Alguns estudos mostram a correlação entre reserva ovariana e menopausa. Desta forma, é possível que você venha a experienciar a menopausa de forma antecipada. Em média, a menopausa acontece aos 51 anos, mas esse período pode começar até 10 anos antes e esta idade pode variar por diversos fatores como estilo de vida e etnia.

AMH na média não deve impactar na sua janela reprodutiva

Não é só o tempo entre filhos, mas o espaço de tempo que somos férteis.

.

Você provavelmente tem quantidade de óvulos - reserva ovariana - dentro do esperado para sua faixa etária.

Estudos mostram que, ao longo do tempo, o declínio da quantidade de óvulos acelera e que, em média, a menopausa acontece aos 51 anos e esta idade pode variar por diversos fatores. Por isso, é importante começarmos a monitorar a nossa fertilidade com antecedência.

AMH alto não deve impactar na sua janela reprodutiva

Não é só o tempo entre filhos, mas o espaço de tempo que somos férteis.

.

Com AMH alto, indica que você tem boa quantidade de óvulos, ou seja, uma boa reserva ovariana. Quando associado a outras condições clínicas, pode ser um indicativo de Síndrome dos Ovários Policísticos - uma condição de ovulação irregular ou até mesmo a falta dela - o que pode interferir no seu potencial reprodutivo. É uma doença de difícil diagnóstico, então, conheça seu corpo!

Alguns estudos mostram a correlação entre reserva ovariana e menopausa. Desta forma, é possível que você venha a experienciar a menopausa de forma tardia. Em média, a menopausa acontece aos 51 anos, mas esse período pode começar até 10 anos antes e esta idade pode variar por diversos fatores como estilo de vida e etnia.

Comece sua jornada de fertilidade
80%

das pessoas não sabem explicar ao certo o papel dos hormônios envolvidos na sua própria fertilidade. Que tal aprendermos juntxs?

Saiba mais

Depoimentos de
pessoas que passaram pela experiência Fertilid

Compre aqui

Conheça uma nova forma de
compreender sua fertilidade

Descubra sua fertilidade de forma proativa e dê o primeiro passo para entender mais sobre sua saúde reprodutiva.

Conheça nossa missão

Você está em boas mãos!

Os exames são analisados pela Synlab, nosso laboratório parceiro. A Fertilid foi fundada em parceria com um grupo de renomados especialistas em fertilidade do país.

  • Todo exame da Fertilid é revisado por nosso conselho médico.

    Todo exame da Fertilid é revisado por nosso conselho médico.

  • Os exames são analisados por um laboratório certificado pela Anvisa.

    Os exames são analisados por um laboratório certificado pela Anvisa.

  • A metodologia da Fertilid foi validada por um grupo de renomados especialistas em fertilidade do país.

    A metodologia da Fertilid foi validada por um grupo de renomados especialistas em fertilidade do país.

  • Oferecemos aprofundamento do exame através de uma teleorientação de 30 minutos com médicas especialistas.

    Oferecemos aprofundamento do exame através de uma teleorientação de 30 minutos com médicas especialistas.

Conheça nossas especialistas!

Beatriz Mantuan | CRM: 184.765

Beatriz Mantuan

CRM: 184.765

Ginecologista e Obstetra, Especialista em Reprodução Humana.

BLuciana Doria | CRP: 06/162210

Luciana Doria

CRP: 06/162210

Psicóloga com especialização em Gestalt Terapia e no atendimento a mulheres, incluindo gestantes e puérperas.

Beatriz Toledo | CRM: 168.899

Beatriz Toledo

CRM: 168.899

Ginecologista e Obstetra, Especialista em Ginecologia Endócrina e Reprodução Humana


Nossos parceiros

Saiba mais
Saiba mais

Na mídia

Vamos continuar falando sobre nosso corpo e saúde?

Assine nossa newsletter.

Ao clicar em ”assinar newsletter” você aceita receber as comunicações por e-mail de acordo com a política de privacidade.

Siga a Fertilid
no Instagram

Seguir @fertilid

Blog

Os hormônios da sua saúde reprodutiva que você precisa conhecer

Vamos conhecer juntas os hormônios importantes e que devem fazer parte do seu vocabulário ao buscar conhecimento e monitoramento da sua saúde reprodutiva
Leia mais

Maternidade e carreira: a importância de conhecer sua fertilidade

Acreditamos que a saúde da mulher e seus direitos reprodutivos são indissociáveis da luta pela igualdade de gênero. Pensando nisso, vamos entender como maternidade e carreira podem ser discutidas no ambiente de trabalho, em parceria com a Flash Benefícios Flexíveis.
Leia mais

Fertilidade e alimentação: saiba como nutrir sua saúde reprodutiva

Você sabia que  a forma como nos alimentamos pode atuar de forma preventiva na qualidade da sua saúde reprodutiva? Venha saber mais aqui. 
Leia mais

Ir para o Blog

O futuro da saúde dos <br>ovários começa aqui.

O futuro da saúde dos
ovários começa aqui.