Home / Blog / Fertilidade e alimentação: saiba como nutrir sua saúde reprodutiva

Fertilidade e alimentação: saiba como nutrir sua saúde reprodutiva

Você sabia que  a forma como nos alimentamos pode atuar de forma preventiva na qualidade da sua saúde reprodutiva? Venha saber mais aqui. 
Continuar lendo

Você sabia que  a forma como nos alimentamos pode atuar de forma preventiva na qualidade da sua saúde reprodutiva? Venha saber mais aqui. 

Nossa saúde e potencial reprodutivo tem relação direta com o nosso estado nutricional e diversos outros fatores. Anota aí: estilo de vida, saúde intestinal, sono, alimentação, sobrecarga de estresse, alterações hormonais, composição corporal, inflamação, uso de drogas e álcool.

Por isso, vamos compartilhar algumas dicas simples para incluir na sua rotina e convidá-la a ter hábitos saudáveis e, juntas, cuidarmos da nossa saúde reprodutiva!

Como nutrir sua fertilidade

Junto com a  Nutri Danielle Vitali, listamos algumas dicas de alimentação que oferecem nutrientes específicos com ação protetora para promover e favorecer sua saúde reprodutiva e qualidade ovariana:

Alimentos

~ Uma dieta que conhecemos como “dieta mediterrânea”, que é rica em gorduras boas, como oleaginosas, abacate, azeites/azeitona, peixes, entre outros. Além de vegetais verdes escuros, como espinafre, brócolis, rúcula; legumes em variedade; grãos em geral; frutas vermelhas e cítricas.

~ Uma alimentação rica em diversidade de minerais, como zinco, selênio, magnésio, vitaminas A, C, D, E, Niacina, proteínas em geral, vitaminas do complexo B – que podem ser obtidas diretamente de alimentos ou por meio de suplementação (quando necessário e indicado por uma médica).

A Nutri Danielle também respondeu algumas questões importantes sobre dicas, cuidados e recomendações sobre nutrição e fertilidade para quem está planejando (ou não!) engravidar e como cuidar do seu corpo de uma maneira saudável através da alimentação. Venha assistir aqui

Nutrientes

Além disso, quando o assunto é reserva ovariana, vários nutrientes merecem nossa atenção e por isso, convidamos a Nutri Natalia Barros – mestre em nutrição pela UNIFESP – para explicar pra gente o impacto da vitamina D na nossa fertilidade.

A vitamina D é considerada um excelente nutriente e muito importante quando relacionado à sua fertilidade. Ela tem o papel de regular as concentrações do hormônio antimülleriano (AMH), auxiliar no ciclo menstrual e melhorar a qualidade dos óvulos.

Deste modo, é preciso se atentar à deficiência da vitamina D, pois em concentrações baixas, pode prejudicar sua fertilidade e reserva ovariana.

 

É interessante que a ingestão esteja aliada a outros fatores que também irão contribuir durante o processo, como: prática de atividade física, ingestão adequada de água, manejo do sono e estresse e um padrão alimentar saudável.

Vamos assistir juntas ao que a Nutri Natalia Barros tem a nos contar sobre o papel da alimentação na nossa reserva ovariana? Ela traz vários detalhes sobre o impacto dos nossos hábitos no hormônio antimulleriano. 

Pensando nisso, nosso recado é: consulte uma nutricionista, reflita sobre seus hábitos alimentares e cuide do seu corpo!

Conhecer e cuidar de forma proativa e preventiva é essencial. Caso você queira se informar e saber mais sobre saúde reprodutiva de pessoas com ovários, siga a Fertilid no Instagram!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Fertilid

Somos o primeiro autoexame focado na fertilidade feminina.

Se você ficou com qualquer dúvida, pode consultar o nosso faq! Se precisar de apoio ou mais orientações, não pense duas vezes e fale com a gente! Será uma honra continuar essa conversa! E faça parte da nossa comunidade: @fertilid!

Vamos continuar falando sobre nosso corpo e saúde?

Assine nossa newsletter.

Ao clicar em ”assinar newsletter” você aceita receber as comunicações por e-mail de acordo com a política de privacidade.

Siga a Fertilid
no Instagram

Seguir @fertilid

O futuro da saúde dos
ovários começa aqui.