Home / Blog / Fases do ciclo menstrual: entenda como funciona a sua menstruação

Fases do ciclo menstrual: entenda como funciona a sua menstruação

Quanto mais conhecemos o funcionamento do nosso corpo, mais entendemos os hormônios, as fases do ciclo menstrual e as mudanças que passamos.
Continuar lendo

desenho em que há um calendário com várias flores ao redor dele e uma pessoas negra pintando os dias com um lápis vermelho
Quanto mais conhecemos o funcionamento do nosso corpo, mais podemos entender nossas
sensibilidades físicas e as nossas alterações de humor. Isso porque os hormônios e fases do ciclo menstrual influenciam nas mudanças e sensações de pessoas com ovários. 

O ciclo menstrual abrange a ovulação, a menstruação e o momento da pós-menstruação. Em outras palavras, o ciclo é o conjunto de transformações que os corpos de pessoas com ovários sofrem. Nós podemos sentir mudanças em seus corpos durante esses períodos e todo o processo tem uma explicação. 

No artigo de hoje, vamos te ajudar a entender as fases do seu ciclo menstrual, bem como as transformações que o seu corpo pode passar durante elas. Acompanhe!

Como funciona o ciclo menstrual?

Um ciclo pode durar entre 23 e 35 dias, o mais comum é 28, mas isso não é uma regra. A contagem do ciclo sempre começa no primeiro dia de menstruação, ou seja, o dia 1 do ciclo é aquele em que há um fluxo sanguíneo. A menstruação pode durar de 3 a 7 dias, isso varia de acordo com o organismo

É válido registrar o início e o fim do ciclo menstrual e por quantos dias ele acontece. Assim, caso o seu corpo tenha uma alteração na liberação do sangue, você pode consultar um profissional e informá-lo em detalhes. O monitoramento proativo e preventivo da saúde reprodutiva é muito importante. 

A menstruação

Mas você sabe o que é a menstruação e por que ela ocorre? Entender esses fatores é muito importante para conhecer o seu corpo e entender os seus sinais.

Podemos entender, então, que a menstruação é a liberação de sangue e revestimentos do útero. Ela acontece para sinalizar o fim de um ciclo e o início de outro. É como se o útero estivesse se limpando do ciclo anterior. Isso acontece porque, se a fecundação não ocorre, o organismo precisa eliminar tudo que fez para receber o óvulo fecundado. 

Antes do início de um ciclo, é muito comum que pessoas com ovários sintam mudanças em suas emoções e corpo antes de menstruar, a conhecida tensão pré-menstrual ou TPM. 

É provável que você sinta desconfortos como dores, alterações de humor e sensibilidade em seu corpo dias antes e/ou durante a menstruação. Isso acontece porque variados hormônios são liberados durante o processo.

Depois que a menstruação continua, se dá início a uma das fases do ciclo menstrual. É importante saber que todo ciclo é composto por três fases no total, são elas a folicular, a ovulatória e a lútea. Acompanhe para entender melhor!

Fase folicular

Durante a fase folicular, as principais atividades que acontecem são a liberação do hormônio folículo estimulante, o FSH, e a atuação do estrógeno. 

A partir disso, começa o desenvolvimento dos folículos com o FSH. Ele é produzido pela hipófise, uma glândula localizada na base do cérebro. A principal função deste hormônio é o desenvolvimento e a maturação dos folículos ovarianos, bolsinhas que guardam os nossos óvulos. 

A quantidade de óvulos é a nossa reserva ovariana, é possível medi-la por meio do exame do hormônio antimulleriano, o HAM. Se você se interessar, nós temos um conteúdo sobre. Clique aqui!

Com os folículos crescidos e amadurecidos, acontece a produção de outro hormônio, o estrógeno, também conhecido como estrogênio. Quando ele alcança o pico de produção, nosso cérebro para de produzir o FSH. Assim, começa a liberação do óvulo. 

Fase ovulatória

Geralmente, a fase ovulatória acontece cerca de duas semanas após o início da menstruação. Então, por exemplo, caso o seu ciclo seja de 28 dias, o óvulo maduro é liberado perto do dia 14 do ciclo. 

Nessa fase, outro hormônio entra em ação, o luteinizante, LH. Enquanto os níveis de estrógeno continuam aumentando, o de FSH já diminuiu e, então, o corpo produz o hormônio luteinizante. 

Ele é responsável por selecionar o óvulo mais maduro e fazê-lo sair do ovário. Então, o folículo é rompido e o óvulo liberado. Esse é o momento da ovulação e período fértil, quando pessoas com ovários têm mais probabilidade de engravidar.

Fase lútea

A fase lútea acontece, geralmente, nos últimos 12 dias do ciclo. Durante a ovulação, o óvulo é liberado do seu folículo, certo? O que acontece com o folículo depois é um dos pontos principais dessa fase. 

O folículo rompido continua na superfície do ovário e começa a se fechar até se transformar em uma estrutura chamada corpo lúteo. Com isso, acontece uma maior produção de progesterona em conjunto de pequenas quantidades de estrogênio. 

A principal função do corpo lúteo é favorecer a fecundação e a implantação do embrião fecundado no útero. Assim, se o óvulo não se implementa na parede do útero ou não ser fecundado, o corpo lúteo se degenera. Com isso, inicia-se um novo ciclo menstrual. 

Como calcular o período fértil em um ciclo?

Para calcular o período fértil, é recomendado que se tenha o registro do início e término de cada ciclo. Isso ajuda a mensurar com mais precisão o período fértil de cada pessoa.

No caso do ciclo menstrual regular, é simples. Basta subtrair 14 do número total de duração do ciclo para descobrir quando possivelmente começa a ovulação. 

É importante lembrarmos que o período fértil não é somente quando uma pessoa começa a ovular, mas sim 3 ou 5 dias antes. 

Por exemplo, caso o seu ciclo seja regular e de 30 dias, primeiro realiza a subtração (30-14). O resultado é 16, ou seja, a ovulação está prevista para o décimo sexto dia do ciclo. O período fértil, portanto, pode começar cinco dias antes, no décimo primeiro dia

Na prática, se meu ciclo é regular e eu menstruei dia 2 do mês, dentro de um calendário de 30 dias, o meu período fértil começa dia 12 de cada mês. É importante saber a duração do seu ciclo para realizar o cálculo de maneira correta. 

Por fim, o ciclo irregular…

Podemos considerar irregular um ciclo cuja duração varia e, também, é inferior a 25 dias ou superior a 30 dias. Em um ciclo irregular é mais incerta a previsão do período fértil. 

Mas, hoje em dia, existem aplicativos em que podemos anotar o ciclo e, assim, com os dados e registros frequentes, podemos visualizar quando é o nosso período fértil em casos de ciclo irregular. 

Passou do momento de usarmos a tecnologia e medicina avançada como nossas aliadas para entendermos cada vez mais como o nosso corpo funciona.

Nós acreditamos que o conhecimento sobre a nossa saúde reprodutiva é essencial e deve fazer parte da nossa formação. Conheça a Fertilid!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Fertilid

Somos o primeiro autoexame focado na fertilidade feminina.

Se você ficou com qualquer dúvida, pode consultar o nosso faq! Se precisar de apoio ou mais orientações, não pense duas vezes e fale com a gente! Será uma honra continuar essa conversa! E faça parte da nossa comunidade: @fertilid!

Vamos continuar falando sobre nosso corpo e saúde?

Assine nossa newsletter.

Ao clicar em ”assinar newsletter” você aceita receber as comunicações por e-mail de acordo com a política de privacidade.

Siga a Fertilid
no Instagram

Seguir @fertilid

O futuro da saúde dos
ovários começa aqui.